Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Whatever I want

Whatever I want

Vontade de viver

05.11.15 | nayta

Não há razões para deixarmos de aproveitar a vida, ou que não façamos aquilo que queremos fazer... Se não fizermos o que nos apetece fazer, ficamos com o sentimento de culpa e com a questão: como teria sido se o fizesse?

Neste momento tenho a perfeita noção no que me estou a meter. Sei que não é certo e o melhor para mim, mas é o que me traz alguma alegria. 

Cada vez mais o desejo se torna maior,

A vontade de sentir o teu toque, a tua pele é cada vez mais incontrolável

O sentimento que tenho é a mistura de querer controlar-me com o deixar-me ser incontrolável , isto porquê?

Porque sei que nós não temos nada, e eu não te conheço para saber se o que tu queres é o que eu quero. Mas sinceramente? Só vou deixar que as coisas deixem andar! Não quero que haja um nome para o que nós temos, não quero sentir mais que aquilo que eu sinto por ti! Quero sim, aproveitar aquilo que tu me podes dar... boa disposição, alguma felicidade e muita vontade! Vontade de falar contigo, de estar contigo, de te morder, de te deixar como tu me deixas... com vontades incontroláveis .