Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Whatever I want

Whatever I want

Um desabafo

27.10.13 | nayta

A partir de que momento é que as pessoas aprendem a dar valor ao que têm? Há alguma idade? Há alguma razão ? 

Sim talvéz haja sempre alguma razão que nos faça abrir os olhos... 

É esgotante lidar com pessoas que ambiciam mais e mais e mais e que nunca se contentam com o que têm . É bom ter ambições, não digo o contrário, mas há que valorizar e estimar aquilo que temos. Dar-nos por contentes com um progresso e não, ficarmos chateados porque ainda não se tem tudo! Será que seria tão bom ter tudo sempre que se quer? A meu ver acho que se fosse tudo tão fácil, nada teria prazer em se fazer, pois são os nossos desejos e sonhos difíceis de se concretizar que nos levam ao grandiozo sentimento de satisfação! É por ser tão díficil que eu gosto de não ser 100% livre de tomar decisões.

Sensação de alívio

02.10.13 | nayta

 

Aproxima-se a hora, o nervosismo aumenta, o nome nome é proferido e o coração começa a bombear a mil, a  cabeça a doer, o estômago a encolher e  as mãos a tremer ... 

40 minutos parecem 5 mil horas e 5 minutos parecem 10 mil horas ! Recebo o resultado e tudo muda! Parece que em mim cai a tremenda felicidade mas ao mesmo tempo de angústia! A melhor sensação é a de alívio ! De saber que consegui concretizar mais uma etapa da minha vida e que a partir de agora tudo vai ser melhor! Vou começar a ter a independência dos autocarros, das horas infinitas de espera, de tudo!! CARTINHA JÁ ÉS MINHA !!*-*