Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Whatever I want

Whatever I want

A vossa atitude assim criou a minha personalidade

28.04.13 | nayta

“Complexidade de superioridade: é muitas vezes querer

      mérito daquilo que não se faz, daquilo que não é”

 

 

Chegou a altura de mudar. Já chega de sofrer por quem não merece nada. Se um dia vierem ter comigo, dir-vos-ei que felizmente percebi o tipo de pessoas que vocês são e que infelizmente para vocês já não me conseguem fazer gostar de vocês e muito menos me conseguem deixar mal. Vocês serão as pessoas que mais falta vão sentir quando eu já não estiver lá para vos fazer felizes quando me espicaçam e me deitam a baixo com as bocas foleiras. Com essas bocas foleiras, com esses olhares de quem se julga superior eu consegui subir ao topo. Não precisei de ninguém, porque ninguém foi a pessoa que me apoiou. Não vou dizer que não fui feliz ao vosso lado a rir de tudo e todos, mas a verdade é que o vosso lado mau é muito maior que o vosso lado bom e enquanto eu luto sozinha vocês estão juntos sem problemas e até agora vocês venceram mas a partir de agora sou eu quem vencerá. Não é a superioridade que nos torna melhores… antes pelo contrário! Posso não ser a perfeita pessoa… aquela que tem uma beleza extraordinária e incomparável, não me visto de maneira esbelta mas sou eu! Sou simples mas honesta e boa pessoa. Prefiro ser simples e não ser convencida do que ser “a melhor” e sentir-me superior quando na verdade não sou. ;) 

É verdade… como é que é possível existirem pessoas assim… faz-me confusão olhar para ti todos os dias e reparar que a cada dia estás-te a tornar numa pessoa mais convencida, mais egocêntrica, mais egoísta e mais arrogante. A única coisa que eu te posso dizer é que foi bom enquanto não percebi que pessoa eras realmente tu, mas que agora acabou e não quero de todo ter isso tudo de novo porque para ti já nem olhar consigo… tornaste-te cada vez mais insignificante para mim. Agora contenta-te a fazer a cabeça a todas as pessoas que para mim já não são nada ou que na verdade nunca foram… Obrigada por existires porque se não fosses tu e esse egocentrismozinho da “treta” eu não seria tão forte como sou hoje. Pessoas como tu já não me farão mal nenhum <3