Segunda-feira, 8 de Julho de 2013

Um minuto

*Num minuto podes recebecer uma notícia em como tens pouco tempo de vida, pode dar-se um sismo, um tsunami, um furacão... 

Um minuto pode ser o tempo que separa a vida da morte. E nós aproveitamos os " 1 minuto" para fazermos aquilo que daqui a um minuto podemos não conseguir fazê-lo? A minha análise de resultados prova que é raríssima a pessoa que faz isso. Talvéz seja uma boa questão de reflexão para todos nós. Eu no dia *30.12.2012* aprendi que tenho de aproveitar todos os minutos como se já não houvesse o minuto seguinte... não saio de casa sem dizer que amo a minha família e sem lhes dar um grande abraço, não prolongo discussões para que a minha última palavra não seja feia, não me deixo ficar na indecisão... faço logo o que quero fazer! Não há tempo para fazer más escolhas, ter más conversas, não há tempo para ser o que não sou! Tenho de dar o melhor de mim!! Pena, ninguém pense como eu... e por não pensarem como eu, fracassam, são o que não são na verdade. Preocupam-se com quem não se devem preocupar, perdoam o que NUNCA deveriam perdoar, rejeitam o que deviam de aceitar...  

Um minuto pode ser o mal de todos nós, porque num minuto tudo e nada acontece! Por um minuto uma relação começa, outra termina; uma vida se dá, outra se perde; uns entram, outros saem;uns caem, outros levantam-se... É verdade, não há tempo para nada mas há tempo para tudo. Não percamos tempo com malvadezas, com falsidades, com ilusões, com obcessões. Sejamos todos o que cada um é e não o que as pessoas querem que sejamos.   Valorizêmos o que temos que valorizar

(...)

 

* "Por onde quer que eu vá vou te levar

Pra sempre...

A culpa não foi sua
Os caminhos não são tão simples mas eu vou seguir
Viajo em pensamento
Numa estrada de ilusões que eu procuro
dentro do meu coração."

 

Acredita que se hoje ainda te falo é porque o meu coração vive na ilusão de ter o amor do teu. É ele quem me impede de te deixar de vez mesmo depois de tudo o que fizes-te e fazes... Mas quando há uma luta entre coração e cerebro, o coração perde mais rápido a esperança do que o cerebro a memória... 

 

"Já não tenho tempo pra esperar

Fiz o impossível pra te agradar
Corri milhas e milhas e voltei aqui
Plantei rosas pelo seu jardim

Será que toda minha luta foi em vão?"   

 

No fim de tudo já percebi que sim, foi em vão porque quando se está sozinha numa luta, essa luta não valerá de nada... agora só me resta dizer que por um minuto + um minuto ligado a outro minuto tu perdeste a pessoa que mais de ti gostou(gosta), mais  te valorizou(valoriza), mais te respeitou(respeita). Perdeste-me sim, mas estarei aqui para te ajudar sempre que precisares. 

Obrigado por tudo o que fizeste por mim. Levarei sempre comigo a lembrança dos nossos bons momentos e de uma amiga qe foi, é e será sempre aquela amiga...aquela irmã.

 

 

#Farei de tudo para que cada minuto seja 
aproveitado ao máximo#
publicado por nayta às 11:33

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Início de uma grande aven...

. Minha loucura

. Certo/errado

. A carta que nunca será en...

. Vida (im)perfeita ?!

. Quando menos se espera (r...

. Amar faz tão bem-mal

. Saudades que trago de ti

. Descontrolo de emoções

. Ano passado

.arquivos

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

.favoritos

. f*ckin perfect

. o que é uma alma sã presa...

. Vícios e desperdícios

. Desculpa! Hoje falei de t...

blogs SAPO

.subscrever feeds