Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2014

" O tempo cura tudo "

O tempo é talvéz, a cura mais sagrada de um sentimento. No início pensei que nunca seria possível tirar-te do pensamento, mas a verdade é que ao longo dos tempos, foste mudando os teus comportamentos, a tua maneira de ser e falar e eu... eu realmente habituei-me à tua ausência e sinceramente, hoje, posso dizer que sou feliz sem te ter a meu lado. Se sou rude, fria, orgulhosa?... não, apenas gosto de ser o que são para mim. Posso ser a melhor amiga do mundo, mas também consigo passar a ser uma simples conhecida em que o tema base de conversa é, como se costuma dizer, "conversa de msn". Inimiga não direi, pois por muito que as pessoas me façam, não esqueço o quão bons tempos vivi com as mesmas.

Enquanto tu te afastavas, outras se aproximaram e posso dizer, agora, com todas as certezas, que foste igual a muita outra boa gente. Conseguiste fazer tudo de forma errada, não soubeste diferenciar o novo, do que sempre esteve presente, e o novo mudou-te por completo...

Foi triste lidar com a tua ausência, mas o tempo passa e cura tudo e hoje estou feliz por ti,que estás feliz com os teus e por mim que finalmente posso dizer que tenho novas pessoas com quem me identifico e me ajudam a ultrapassar a mágoa que tu deixaste ;)  

 

publicado por nayta às 18:24

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2014

(F)útil

Mais uma vez, trabalho não reconhecido. Que sentimento fútil, este. 

Hoje em dia o objetivo dos jovens é não ter objetivos! É serem muito conhecidos, terem vida Louka... é serem muito partilhados nas redes sociais e serem pessoas fixes porque participam em actividades ilicitas. Mas há exceções... mas essas exceções, as que têm objetivos de vida (a sério! ), por vezes não são recompensados por tal coisa. Tudo bem, a vida sem dificuldades não era vivida tão intensamente, mas a verdade é que é bom quando conseguimos ter provas do nosso esforço e, quando não acontece, deixamos de ter força e razões de continuar a tentar. Será que alguém compreende o que digo? Até agora não, pelos vistos. "Aplica-te mais", "  esforça-te mais", "estuda mais" ! CHEGA ! Peço-vos que parem com isso, só me deitam mais baixo com estas coisas!! EU sei o quanto me esforço, me aplico, EU sei o quanto frustrada estou, por não conseguir ultrapassar isto, EU sei o que me dói ouvir que não estou a deixar-vos orgulhosos !

 

 

Só pedia que algum dia isto mudasse... 

 

publicado por nayta às 20:15

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Início de uma grande aven...

. Minha loucura

. Certo/errado

. A carta que nunca será en...

. Vida (im)perfeita ?!

. Quando menos se espera (r...

. Amar faz tão bem-mal

. Saudades que trago de ti

. Descontrolo de emoções

. Ano passado

.arquivos

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

.favoritos

. f*ckin perfect

. o que é uma alma sã presa...

. Vícios e desperdícios

. Desculpa! Hoje falei de t...

blogs SAPO

.subscrever feeds