Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016

Saudades que trago de ti

Passado uma semana aqui estou eu a falar de ti novamente.. Passado uma semana de eu ter terminado tudo, ou o nada que havia entre nós, ou melhor... Terminar o tudo para mim e o nada para ti. Não sejamos ingénuos ao ponto de dizer que fui alguma coisa para ti... mas sabes o que te digo? Foste, és e serás o tudo na minha vida. Sempre te disse que ia aproveitar ao máximo todo o tempo que estava contigo, pois tinha a certeza absoluta de que eu e tu não durariamos assim muito tempo e foi o que fiz! Aproveitei ao máximo abraçar-te, acariciar-te, beijar-te, morder-te, dar-te porrada, levar-te para onde tu e eu eramos protagonistas de um filme de sexo... sexo sim ! Nunca falei assim deste jeito, mas contigo nada foi como levado pelas minhas regras, pelos meus valores... sempre fiz tudo como se não houvessem regras, crenças, ideologias pré-concebidas sobre o que é certo e errado - (nem sei se o que estou para aqui a dizer tem algum sentido, ou pelo menos o sentido que eu quero que tenha... mas lá está...tu causas estas coisas em mim) - basicamente sempre fiz tudo como se o mundo fosse só tu e eu! 

Te garanto que estamos separados e provavelmente nunca mais voltaremos a estar juntos da maneira que eu quero, mas que tu ficarás sempre na minha vida isso sim! Te garanto que me ensinas-te tantas tantas coisas.. Ensinaste-me a ter auto-controlo, ensinaste-me a pôr o orgulho de lado, ensinaste-me a ser feliz a um dia de cada vez, ensinaste-me a não sonhar muito alto e a fazer planos muito longuíquos ... QUER DIZER, tu não me ensinaste, tu fizeste com que eu aprendesse tudo isto contigo. E só te agradeço por tudo! Tudo mesmo!

Deveria de estar com ressentimentos para contigo, mas eu gosto tanto de ti que nem consigo odiar-te, ou pelo menos, gostar menos de ti! Dizem que o primeiro amor nunca se esquece,mas para mim, o amor que nunca vou esquecer, é este amor que tive e tenho por ti. Porquê? Não sei porquê! Não faço a menor ideia do que tu me fizeste ou do que tu tens, que me fez gostar assim tanto de ti. Só sei que gosto e só sei que dás cabo da minha sanidade mental. 

Ps: Se tu soubesses as saudades que trago de ti ...

publicado por nayta às 01:02

link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Agosto de 2016

Descontrolo de emoções

A três dias de fazer dois meses, ando nesta angústia...

Vai fazer dois meses que tive o melhor dia e a melhor noite dos últimos anos... sentir de novo o cheiro dele, o cheiro do seu respirar, sentir aquele toque, aquele abraço... se me perguntarem se me arrependo de ter aceitado entrar neste clima com ele, eu rapidamente respondo que não! Em nada ! Foi uma noite pela qual sonhei durante largos meses. Eu simplesmente tenho uma paixão, um amor enorme por ele, mas há coisas que trespassam o amor, a vontade de termos aquela pessoa a nossa lado. 

É verdade que perdoei-lhe coisas quase imperdoáveis e que se perdoei não posso voltar atrás nisso, mas há dias em que simplesmente as más lembranças voltam e dominam o meu estado de espírito e tomam conta das minhas inseguranças.

*Apesar de estar contigo, sei perfeitamente que não me amas.. nem de longe nem de perto... luto todos os dias por estarmos bem, mas sei que a nossa relação só tem um destino... a separação e a bem ou a mal terei de estar preparada para esse dia.

Gostava de sentir de tua parte reciprocidade, porque realmente o que mais queria na vida era ter-te comigo, cuidar das tuas pequeninas como se fossem minhas, acordar todos os dias com um beijo teu, ou com os 500 mil despertadores que tu pões... tens demasiadas coisas que não gosto em ti, mas o que tens de bom, é tão bom! Nunca te direi que estou completamente viciada em ti, porque não voltarei a fazer com ninguém.. é dar demasiada confiança à relação! Mas que estou mesmo afeiçoada a ti, demasiado viciada nos teus beijos, demasiado descontrolada nas emoções. Tu levas-me ao limite do que é tolerável! Levas-me ao limite da fantasia e levas-me ao que diria submundo, onde lá não há problemas nem maus olhados... 

Enfim simplesmente ando num descontrolo de emoções e tudo por tua causa. 

Ps: Amo-te !! Hoje, amanhã e acho que sempre mesmo !

publicado por nayta às 11:44

link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2016

Ano passado

Ao fim de um ano... 

Um ano que passou desde que falámos a ultima vez. Tantas questões, tanto sofrimento,tantas lágrimas, tanta esperança que deu em nada. Mantenho a ideia de que vivi grandes dias nessa altura. Foi tão pouco tempo, mas tão intenso! Foste o primeiro desde o fim do meu "grande" relacionamento, não poderia esperar outra coisa... marcaste a minha vida sim e se eu pensava que já não me afetavas de modo algum, estava profundamente enganada. Coisas estranhas eu sinto por ti! Não te amo !! Longe disso, mas estar contigo fez-me relembrar os bons dias em que saíamos e atrofiavamos até à exaustão! Foi bom, muito bom. E por isso não quero, de todo, estar muito contigo! São coisas incontroláveis (as memórias), mas é bem controlável o que faço. Gostei de sentir aquela química parva entre nós, até porque quando se está com alguém que não nos faz sentir assim, é complicado não gostar, mas não irá passar disso. Gosto de ti e jamais ficarei com ressentimentos e serei sempre aquela amiga que te ouvirá sempre que precisares ;) 

Obrigada por tudo, até pelo que de mal fizeste. Com isso aprendi que as pessoas não são sempre aquilo que parecem ser. Aprendi que não posso confiar a 100% em ninguém... nem em mim posso confiar pelos vistos. Não sei controlar os meus pensamentos e sentimentos! A vida encarrega-se de tomar conta de mim basicamente... a vida decide tanta coisa! Mas quem será a vida?!

 

publicado por nayta às 23:36

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2016

Queria...não querer...

Que sentido tem a vida, se nós não temos um objetivo, um rumo a seguir?

Que sentido tem a vida, se nós queremos mostrar que amamos e não podemos?

Que sentido tem a vida, se somos enganados a cada momento?

Que sentido tem a vida, se quando estamos a começar a ser felizes vem sempre algo que nos destroi toda a felicidade? 

Tantos "se's" na vida que não fazem sentido! 

Eu gostava sinceramente de pôr na prática tudo o que penso e idealizo...

Queria mostrar que sei surpreender,

Queria dizer-te que te amo,

Queria dizer-te que me magoaste muito, sempre que o meu estômago se enrola e me faz doer,

Queria insultar-te enquanto o beijo se desenrolava,

Queria dar-te chapadas enquanto te envolvia num abraço forte ...

Queria simplesmente não querer nada disto,

Queria .... 

Coisas que vão manter-se no querer e não no fazer! Porque mostrar que te amo não faz sentido depois de me teres mostrado que não sou para ti o que tu és para mim. 

 

 

publicado por nayta às 00:58

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015

Ilusões

Não há como saber o que vai no pensamento dos outros, não há como ter a certeza das intenções e sentimentos dos que nos rodeiam e fazem parte do nosso dia a dia, mas felizmente temos a possibilidade de olhar além fronteiras e vermos o que pretendemos para o nosso futuro.

Para o meu futuro não prentendia gostar de ti e felizmente ou infelizmente, continua a não ser o que prentendo. Poderia vir a ser algo que eu quisesse se tu também mostrasses ser um pouco diferente, mas como sempre os primeiros dias são uma ilusão e um mar de rosas... uns dias cheios de coisas boas e que no fim vai dar ao mesmo: mágoa e sofrimento.

Não vou compactuar contigo neste jogo, porque sei que vai acabar no mesmo que das outras vezes...eu a sair mal no meio disto tudo e como tu nem te apercebes do mal que me estás a fazer, vou cortar o mal pela raíz e seguir a cabeça em vez do coração. Chega de ser burra ao ponto de me rebaixar perante quem quer que seja. A vida é só uma e eu não irei mais desperdiçá-la .

 

publicado por nayta às 23:25

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2015

Vontade de viver

Não há razões para deixarmos de aproveitar a vida, ou que não façamos aquilo que queremos fazer... Se não fizermos o que nos apetece fazer, ficamos com o sentimento de culpa e com a questão: como teria sido se o fizesse?

Neste momento tenho a perfeita noção no que me estou a meter. Sei que não é certo e o melhor para mim, mas é o que me traz alguma alegria. 

Cada vez mais o desejo se torna maior,

A vontade de sentir o teu toque, a tua pele é cada vez mais incontrolável

O sentimento que tenho é a mistura de querer controlar-me com o deixar-me ser incontrolável , isto porquê?

Porque sei que nós não temos nada, e eu não te conheço para saber se o que tu queres é o que eu quero. Mas sinceramente? Só vou deixar que as coisas deixem andar! Não quero que haja um nome para o que nós temos, não quero sentir mais que aquilo que eu sinto por ti! Quero sim, aproveitar aquilo que tu me podes dar... boa disposição, alguma felicidade e muita vontade! Vontade de falar contigo, de estar contigo, de te morder, de te deixar como tu me deixas... com vontades incontroláveis .

 

 

 

publicado por nayta às 18:49

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Junho de 2015

Vida há só uma

Que sentido tem a vida se mais de metade dela é passada à procura da felicidade?

Preocupamo-nos demasiado com o que os outros pensam, com a possibilidade de falharmos... damos demasiada importância ao passado e pouco valor ao presente. Vida há só uma e desperdiçá-la com medos, inseguranças, capricho para quê? No fundo o que todos queremos é sentirmo-nos bem com nós mesmos e sermos felizes.

Podemos até ter tudo o que precisamos, mas nunca ficamos satisfeitos com o que temos e procuramos sempre melhor( que por vezes não significa que seja realmente melhor). Procuramos sempre novas coisas e acabamos por por de lado o que por vezes pode ser a coisa que mais gostamos. 

Somos um ser tão insignificante que só sabemos dar valor às coisas, quando as perdemos.

 

* Queria poder dizer-te que foram os melhores dias passados a teu lado e que queria muito voltar a tê-los, apesar de tudo. Apesar de não ter sido nada para ti, para mim foi o melhor de há muito tempo. Fico triste por saber que confiei demasiado numa pessoa que não merecia nem metade do que fiz, mas por um lado ainda bem que apareceste. Mostraste-me que consigo ser feliz de novo. Como tu, espero não apanhar muitos mais, porque mereço que alguem me dê realmente atenção e que realmente veja em mim o que tu não viste.

 

Não vou mostrar-te mais o quanto foste para mim, porque gosto demasiado de mim para me rebaixar a esse ponto. Se não me queres, também não me vais ter mais atrás de ti. Se consegui viver muitos anos sem ti, não haveria de ser agora que iria deixar de o fazer e conseguir. "move on" 

Não sou de implorar nada e muito menos de deixar de aproveitar a vida por coisas que acontecem. A vida me deu uma lição muito importante : não há tempo para andarmos tristes, chateados e em guerras... pode acabar quando menos esperamos e depois não há como voltar atrás. E é sempre isso que vou fazer. Chorar? Faz parte, mas se já não temos é porque não era o melhor para nós.*

 

publicado por nayta às 01:13

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Junho de 2015

Carta a quem não merece

Sei qual é o verdadeiro motivo, sei que estás focado em alguem que não te merece,

Sei que tenho a esperança mais absurda, sei que tudo o que queres não está em mim,

mas sei que conseguiste dar-me dias magníficos a teu lado e só queria que tu soubesses o quão gosto de ti. Talvez darias valor ao que realmente importa e não a chachadas que só têm a intenção de te utilizar até aparecer alguem que lhe dê a atenção que precisa. É triste ver que conseguiram estragar o que tinhamos, por pura estupidez, por não serem felizes e não quererem ver os outros mais felizes. 

Se eu te pudesse dizer alguma coisa, dizer-te-ia que mereces muito mais que um lugar de taxista na vida de alguem,

mereces alguem que te dê valor e te saiba respeitar como tu mereces realmente ser respeitado,

mereces mais que uma pessoa que só olha para o seu umbigo e que no fundo nunca te vai dar o que realmente queres,

mereces alguem que te ofereça coisas e não que te esteja sempre a pedir sem nunca retribuir...

mereces bater com a cabeça nas paredes e abrir os olhos antes que seja muito tarde,

mereces sofrer e aprender de uma vez por todas a ficares com o que te faz bem e não com o que te destroi e te torna numa pessoa que não és.

Apesar de eu ter a noção de que tu estás atrás de quem não te quer, e apesar de me estarem sempre a deitar abaixo, eu perdoar-te-ia e voltava ao que eramos. Rebaixar-me e humilhar-me? Sim era isso que iria fazer, porque se me deixaste e se nunca te dignaste a responder foi porque nunca fui o que tu foste e és para mim, mas sinceramente gostei tanto da tua parte boa, que conseguiria fechar os olhos à tua pior parte. És realmente boa pessoa fora daquele sitio e longe daquelas pessoas sínicas e falsas! E é por essa pessoa que eu hoje espero e é por essa pessoa que eu ando a aguentar todas as provocações sem fundamento. 

Posso parecer indiferente à tua presença, mas no fundo tu mexes comigo, tu deixas-me nervosa, tu irritas-me por teres tanta importância para mim ! Todos os dias tu és o principal dos meus sonhos. Posso-te dizer que adoro sonhar contigo, porque vivo uns minutos de felicidade a acreditar que aquilo é real e que nós estamos realmente juntos. Adoro pensar que o que vivi contigo afinal foi só o inicio e que agora não tens dúvidas. Mas odeio acordar e ver que foi só um sonho e vou ter de enfrentar mais um dia sem ti. 

 

PS: gosto realmente de ti *

Ps2: vou manter viva a esperança absurda até eu gostar **

 

 

publicado por nayta às 00:49

link do post | comentar | favorito
Domingo, 24 de Maio de 2015

...

Foram dias bem passados a teu lado. Criei em ti, a minha fonte de felicidade e tudo para quê?

Foste A pessoa, de muitas, que me mostrou que podia confiar... confiei e abri o meu mundo para ti como se já te conhecesse há bastante tempo para que ao fim de tão pouco tempo me dizeres indiretamente que o que houve entre nós foi um nada...

Para mim estava a ser o início de uma grande cosia, enquanto que para ti fui "?!?" ou "    ", nem sei o que eu fui para ti como é possivel? Como é possível eu ter depositado tanta felicidade em ti e de um momento para o outro tiras-me o tapete e eu fico sem saber o que fazer...

Já me começo a habituar à ideia de que o mal sou eu, porque já lá vão algumas "facadas" fortes que me começam a mudar a personalidade e a minha auto-estima.

Apesar de tudo não te considerarei o erro da minha vida. Contigo vivi momentos muito bons e se realmente não voltar a haver mais nada, tu foste a pessoa mais incrível comigo. Posso-te agradecer, porque me mostraste que conseguia perfeitamente esquecer o passado. Gosti à mesma e ainda tenho esperanças que tu consigas seguir com a tua vida e que o "nós" não esteja acabado.

Acabarão por ser todos iguais*

 

 

publicado por nayta às 04:42

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Maio de 2015

Que não seja um problema

Por vezes temos que parar para pensar e ver se aquilo que estamos a fazer vale realmente a pena. 

É um ato involuntário do qual eu não tenho culpa, mas com isto posso perder muito! É verdade que ter inseguranças e ciúmes é sinal de que se gosta, mas será assim tão bom mostrar que estamos desconfortáveis? Será mesmo necessário haver este sentimento que nos rói por dentro? Isto não é sinal desconfiança, é não ter um ego suficientemente alto que me diga que não preciso de me sentir insegura, pois é como eu sou que tu gostas. Queria poder dizer-te tudo o que sinto, mas não mereces levar com o meu lado menos bom. Desde sempre que me respeitas e que me mostras que és diferente dos outros, mas tens de perceber que o passado muda-nos e tu sabes melhor que ninguém. 

Não quero que isto seja um problema entre nós, quero que saibas lidar comigo e que juntos encontremos um equilibrio entre a insegurança ea nossa relação. Não vou querer deitar tudo a perder por coisas que não valem a pena.  

 

 

 

publicado por nayta às 20:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Saudades que trago de ti

. Descontrolo de emoções

. Ano passado

. Queria...não querer...

. Ilusões

. Vontade de viver

. Vida há só uma

. Carta a quem não merece

. ...

. Que não seja um problema

.arquivos

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

.favoritos

. f*ckin perfect

. o que é uma alma sã presa...

. Vícios e desperdícios

. Desculpa! Hoje falei de t...

blogs SAPO

.subscrever feeds