Quinta-feira, 12 de Outubro de 2017

Início de uma grande aventura (I)

Tinham estado juntos talvez uma meia dúzia de vezes e nem um, nem outro, se lembram da existência de qualquer tipo de conversa nessas vezes que estiveram juntos. Ele tinha namorada, ela era uma cabeça no ar que não estava virada para observar alguem comprometido. 

Tempos passaram, até ao dia de um jantar de amigos em casa do irmão dela, em que ele já estava solteiro e ela, na mesma, sem um pingo de intenção de observar cada pormenor dele. O jantar desenrolou-se e, no fim de jantar, houve uma partida de fifa em que tanto ele, como ela não estavam para aí virados e como tal, ela começou a juntar a loiça e a arrumar as coisas do jantar. Inesperadamente, ele juntou-se simpaticamente a ela e ambos fizeram um trabalho de equipa. Foi um momento agradavel e que mudou a vida dela para sempre. 

Terá sido aí que, pela primeira vez, ela olhara com olhos de ver para ele. Ele tinha pouco mais que 1 metro e 64 centímetros, olhos castanhos e meios que à chinês, um cabelo não muito forte, castanho e espetado, um sorriso lindo que a encantou a léguas e tinha um vestimento que ela simplesmente adorava. Uma camisa azul discreto e umas calças beje que lhe faziam uma parte de trás ajustada e muito vistosa. À primeira vista era, sem margem de duvidas, o rapaz ideal para ela! Meio betinho, bonito, simpático e muito prestável.

Não foram precisos muitos dias até ele, indiscretamente, se pôr com ela através das redes sociais. Ela sem medos correspondeu-lhe ao "ataque" indiscreto dele e aí se iniciou uma grande troca de palavras... tão grande que dura até aos dias de hoje. 

Não foram precisos muitos meses até ganharem uma química grande e forte entre eles. Falavam como já se conhecessem à anos e quando estavam juntos era impossível não trocarem olhares agressivos e cheios de desejo. Era incontrolável aquela atração mutua e ambos queriam-se do jeito mais carnal que existe e a verdade é que eles se provocaram  tanto um ao outro que acabram por se ter desse jeito, num motel.

O quarto do motel começava pela garagem. Era por aí que se tinha acesso ao espaço mais romântico, acolhedor e limpo que eles escolheram para a sua primeira vez. Da garagem para o quarto, havia umas escadas que dividiam o início do fim da aventura. 

Ela foi a primeira a entrar no quarto e a deparar-se com aquele mini paraíso e refugío para duas pessoas com vontade de partilharem momentos maravilhosos, longe de olhares e de tudo mais. Logo à entrada, do seu lado esquerdo, tinha uma casa de banho com um chuveiro tentador, com direito a hidromassagem e tudo. Seguindo para o lado direito existiam três degraus que levavam direitinhos a um jacuzzi mega chamativo (que mais tarde fora usado para uma sessão de relaxamento que terminou ela em cima dele e a darem bom uso às suas vontades), com acesso a uma janela enorme que mostrava a cidade linda onde ele morava.Havia também uma televisão enorme que estava bem por cima dessa janela. Ao atravessar a sala do jacuzzi até á janela e olhando para trás, eles viram um andar de cima com uma cama enorme, com 4 almofadas gigantes, duas pretas e duas brancas. À frente da cama um sofá kamasutra e a iluminar o andar de cima, umas luzes que iam mudando de cor e deste modo proporcionar todo um ambiente agradável e erótico. 

Ao se instalarem na cama, ele decide levantar-lhe a camisola para cima e massajar-lhe as costas ( mal sabia ele que era um dos pontos fracos dela).

Delicadamente começa a passar as suas mãos das costas para a zona inferior e quando ela se apercebeu, já estavam os dois completamente nus e ele dentro dela. Naquele momento e durante 4 longas horas, ambos se esqueceram da vida que havia para lá daquele quarto... foram sem duvida 4 horas só e apenas deles os dois.

No fim da noite, depois de cada um ter ido para seu lado, ela tinha uma certeza! Ou melhor... duas grandes certezas! A primeira era de que aquela noite tinha sido a melhor da sua vida e consequentemente a melhor e maior aventura. E a segunda... a segunda era a de que tinha acabado de assinar a sua senteça, pois ele teve o que quis e daquele momento em diante ia deixar de a procurar como até àquele dia.

Teria ela razão em ter tanta certeza??

Pois bem que teve razão, porque dessa noite em diante, ele nunca mais lhe mandou uma única mensagem. Nem uma simples mensagem como: "Chegaste bem?" ou " Adorei a noite". (...)

publicado por nayta às 21:31

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Outubro de 2017

Minha loucura

Naquele dia só o quis ficar a observar. Não queria por nada que o tempo passasse e eu tivesse de ir embora dele...

A beleza dele sendo ele mesmo, me deixa tão satisfeita. Entrar na rotina dele e ver que ele é feliz no que faz é a melhor paisagem que posso ter para me encher a alma de alegria. Ele é realmente uma pessoa humilde e é impossível eu não me apaixonar todos os dias por ele. Sei que não pode acontecer eu me apaixonar por ele, mas se eu não lhe mostrar que estou, não tem mal... tem?!?!  Se tem ou não, eu não sei, mas que quero ficar assim por muito tempo isso quero! Se não dá para namorar, pelo menos que dê para sermos o que somos por muitos anos! Com ele eu me sinto preenchida e concretizada. Ele é a minha loucura mesmo... e julgo ser a dele também.

Sou um bocadinho feliz ao lado dele e espero que seja por muito tempo e que no futuro, perto ou longe, ele seja completamente inteiramente todo meu! Que o desejo carnal se torne num desejo "carnaloamoroso" !! 

 

publicado por nayta às 11:20

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Outubro de 2017

Certo/errado

Não sei, neste momento, o que é certo e o que é errado... É errado termos uma coisa da qual sabemos que não é certo,mas tambem não é certo estarmos mal por não termos essa coisa. A vida são 3 dias e eu já perdi 2 !! Sei que é mais do que errado desejar que a vida se baseasse em apenas aqueles segundos que vivi, mas a vida é um ciclo e nós temos de a acompanhar. Vivi o hoje e amanhã sei lá.... A partir de agora será um dia de cada vez e melhor que isso?!? É saber dar a volta por cima de cada problema..

 

 

 

8.9

publicado por nayta às 11:35

link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Agosto de 2017

A carta que nunca será entregue

Querido pequeno idiota,

 

 

A noite brilha lá fora e eu aqui estou...sentada na minha cama a a pensar na única coisa que tenho pensado nos últimos meses... em ti! Em ti e no que sinto por ti.

É rídiculo eu sentir o que sinto por ti, quando a única coisa que fazes é ignorares-me e magoares-me. Já faz 8 meses destas andanças e melhorias?! Nem vê-las.Dizes que nunca me deste esperanças, mas até teres a minha atenção de volta não desististe. Para quê? Para quê tanto esforço para ganhares a minha atenção se o que fazes agora é fazeres de conta que não sou nada para ti??

És carente? Gostas de ter atenção assegurada? Pois bem, eu também sou e também gosto de tudo o que tu gostas... não tens o direito de me pedires algo que não consegues dar em troca. Não é ser egoísta, é ser simples e prática!!! Se gostas de ser amado, então aprende a amar primeiro. 

Posso-te dizer que adorava conseguir manter uma amizade contigo, mas eu tenho uma atração ridiculamente grande e estúpida por ti e enquanto eu não perceber que só seremos amigos, não consigo lidar com a tua presença! Apesar de a desejar tanto quantas forças eu tenho dentro de mim! Por agora será como eu achar que estou melhor.. de mim não podes levar mais do que aquilo que me dás em troca. Não sou segunda opção de ninguém. 

 

Beijinho de amor/ódio 

                                                                                                                                                               12, agosto 2017 

 

 

 

 

música: https://www.youtube.com/watch?v=3-uPAP30NuU

 

 

publicado por nayta às 22:06

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 24 de Julho de 2017

Vida (im)perfeita ?!

Já faz uns meses que ando num vai e vem com ele. Hoje quer, amanhã já não quer... Hoje diz que sim, amanhã ignora-me. Chego à conclusão que preciso mesmo de parar de dar confiança aos homens... Cada um que entra é pior que o que saíu! Incrivel como em tantos milhões de homens que há neste mundo, eu vou sempre me encantar pelos problemáticos, depressivos, complicados, idiotas! Será que o cupido está a fazer testes nunca antes feitos a mim?? Será que algum ser que olha por mim, está a testar os meus limites de paciência, de bondade e burrice? Começo a ficar extremamente exausta destas coisas. 

Odeio lamentar-me mas realmente estou a ver os anos a passarem e não ter nem uma única razão para me sentir realizada! Esta vida monótona, este ciclo vicioso de conhece--> encanto-me --> sou deixada anda a dar cabo de mim! Quero tanto mentalizar-me que a vida é muito para além de ter um emprego e construir uma família! Maldita a hora que eu me fartei de ver contos de fadas na minha infância! Mas desde quando alguém da vida real acaba em feliz para sempre?!? Que raio é esta felicidade que eu digo não ter e procuro??? Se eu me mentalizar que a felicidade é só uma fucking ilusão, então aí serei feliz... contraditório não? Mas é a verdade.... procuramos tanto a felicidade eterna e quando damos por nós já somos velhos e não aproveitámos a vida! 

Quero tanto parar de me deprimir por causa de amores nada correspondidos! De não ter o trabalho de sonho! A vida é o que é e temos mesmo de saber lidar com a pura e dura realidade, sermos felizes com o pouco ou nada que temos ( que no fundo até pode ser o muito e tudo) ... isto é tudo tão subjetivo :/   Basta chegarmos todos os dias ao final do dia e termos a consciência de que fizemos tudo o que podíamos e não podíamos fazer para termos o que queremos!!! Tão simples quanto isso ... 

Ps: Sem coerência e coesão, porque realmente é assim que a minha cabeça está...

publicado por nayta às 00:53

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2016

Quando menos se espera (reviver o passado)

Foi à beira mar, que o clima se desenrolou...

Uma toalha para duas pessoas...

Um vento de arrepiar...

Sentir o teu respirar tão perto da minha cara, sentir o calor do teu corpo no meu, sentir o teu cheiro...tudo estava encaminhado para que um beijo se desenrolasse naquele momento. Ambos queriamos, mas ambos esperámos que o outro desse o passo em frente. Respeito? Medo? Teimosia? Não sei ! Só sei que nesse momento não houve o beijo que já desejava à tanto ... Foi uma sensação tão mágica.. sentir aquele teu respirar tão próximo do meu. 

Sei que tu e eu foi só um grande fracasso, mas foste o melhor fracasso da minha vida! Vivi tão feliz e intensamente contigo e não me arrependo NUNCA em te ter conhecido, em te ter entregado o melhor que posso dar de mim, o meu coração! Não me arrependo em nada te ter dado uma segunda oportunidade! Porque tu fizeste-me tão bem, ensinaste-me tanta coisa. Cresci como pessoa, contigo! És o meu grande fracasso, mas nunca o meu erro! Erros são para nunca mais se voltarem a repetir e eu repetia a nossa história vezes sem conta, até ao fim das nossas vidas.

Amo-te por seres o meu homem! O homem que me vai fazer encontrar alguém digno de eu amar sem medos e sem limites, és o homem que me mostrou o que é realmente amar incondicionalmente e o que é amar sem limites! Porque eu amo-te sem limites e isso não irá mudar! Venha quem vier serás o meu eterno amor proíbido e impossível de viver... mas sabes? Já não fico triste ao pensar que é um amor "impossível", apenas sou feliz ao pensar que o tive e que foi maravilhoso. Digo impossível entre aspas porquê? Porque para mim nada é impossível, mas foi a melhor maneira de designar este sentimento.. 

Jamais me irei esquecer do nosso reenvolvimento, dos nossos momentos entre quatro paredes, do nosso momento entre as dunas daquela praia e muito menos me vou esquecer do nosso primeiro dia!

Um beijo de saudade para ti e de gratidão por me teres feito tão feliz... claro que me fizeste muitas vezes mal, mas de ti só quero guardar as coisas boas :) 

10.9.16

 

 

 

publicado por nayta às 22:12

link do post | comentar | favorito

Amar faz tão bem-mal

De que vale o amor ser a melhor coisa que podemos sentir, se é a nossa maior fraqueza e o que nos destrói mais rapidamente??

Não faz sentido!

E não faz sentido ser uma coisa tão boa, se nos faz sofrer tanto ...

Amar é igual a preocupação, medo, sentimento extra sufocante, que nos impede de ter a pulsação num nível normal, que nos impede de respirar! De que vale amar se quando alguém nos quer fazer mal, começa pelas coisas que mais amamos? Será egoísmo amar ? Ou será bom ? 

Será bom sofrermos tanto só para termos o prazer de amar?? :X 

Amar os animais de estimação, amar a família, amar ... o que significa amar afinal ?

Segundo Erich Fromm: " Existimos para amar, nascemos com o desejo de amar e de sermos amados. Amar dá sentido e propósito para as nossas vidas."

Se existimos para amar e para sermos amados qual é o sentido de existirmos quando amamos e não somos reciprocamente amados? 

(...)

 

 

publicado por nayta às 21:19

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016

Saudades que trago de ti

Passado uma semana aqui estou eu a falar de ti novamente.. Passado uma semana de eu ter terminado tudo, ou o nada que havia entre nós, ou melhor... Terminar o tudo para mim e o nada para ti. Não sejamos ingénuos ao ponto de dizer que fui alguma coisa para ti... mas sabes o que te digo? Foste, és e serás o tudo na minha vida. Sempre te disse que ia aproveitar ao máximo todo o tempo que estava contigo, pois tinha a certeza absoluta de que eu e tu não durariamos assim muito tempo e foi o que fiz! Aproveitei ao máximo abraçar-te, acariciar-te, beijar-te, morder-te, dar-te porrada, levar-te para onde tu e eu eramos protagonistas de um filme de sexo... sexo sim ! Nunca falei assim deste jeito, mas contigo nada foi como levado pelas minhas regras, pelos meus valores... sempre fiz tudo como se não houvessem regras, crenças, ideologias pré-concebidas sobre o que é certo e errado - (nem sei se o que estou para aqui a dizer tem algum sentido, ou pelo menos o sentido que eu quero que tenha... mas lá está...tu causas estas coisas em mim) - basicamente sempre fiz tudo como se o mundo fosse só tu e eu! 

Te garanto que estamos separados e provavelmente nunca mais voltaremos a estar juntos da maneira que eu quero, mas que tu ficarás sempre na minha vida isso sim! Te garanto que me ensinaste tantas tantas coisas.. Ensinaste-me a ter auto-controlo, ensinaste-me a pôr o orgulho de lado, ensinaste-me a ser feliz a um dia de cada vez, ensinaste-me a não sonhar muito alto e a fazer planos muito longuíquos ... QUER DIZER, tu não me ensinaste, tu fizeste com que eu aprendesse tudo isto contigo. E só te agradeço por tudo! Tudo mesmo!

Deveria de estar com ressentimentos para contigo, mas eu gosto tanto de ti que nem consigo odiar-te, ou pelo menos, gostar menos de ti! Dizem que o primeiro amor nunca se esquece,mas para mim, o amor que nunca vou esquecer, é este amor que tive e tenho por ti. Porquê? Não sei porquê! Não faço a menor ideia do que tu me fizeste ou do que tu tens, que me fez gostar assim tanto de ti. Só sei que gosto e só sei que dás cabo da minha sanidade mental. 

Ps: Se tu soubesses as saudades que trago de ti ...

publicado por nayta às 01:02

link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Agosto de 2016

Descontrolo de emoções

A três dias de fazer dois meses, ando nesta angústia...

Vai fazer dois meses que tive o melhor dia e a melhor noite dos últimos anos... sentir de novo o cheiro dele, o cheiro do seu respirar, sentir aquele toque, aquele abraço... se me perguntarem se me arrependo de ter aceitado entrar neste clima com ele, eu rapidamente respondo que não! Em nada ! Foi uma noite pela qual sonhei durante largos meses. Eu simplesmente tenho uma paixão, um amor enorme por ele, mas há coisas que trespassam o amor, a vontade de termos aquela pessoa a nosso lado. 

É verdade que perdoei-lhe coisas quase imperdoáveis e que se perdoei não posso voltar atrás nisso, mas há dias em que simplesmente as más lembranças voltam e dominam o meu estado de espírito e tomam conta das minhas inseguranças.

*Apesar de estar contigo, sei perfeitamente que não me amas.. nem de longe nem de perto... luto todos os dias por estarmos bem, mas sei que a nossa relação só tem um destino... a separação e a bem ou a mal terei de estar preparada para esse dia.

Gostava de sentir de tua parte reciprocidade, porque realmente o que mais queria na vida era ter-te comigo, cuidar das tuas pequeninas como se fossem minhas, acordar todos os dias com um beijo teu, ou com os 500 mil despertadores que tu pões... tens demasiadas coisas que não gosto em ti, mas o que tens de bom, é tão bom! Nunca te direi que estou completamente viciada em ti, porque não voltarei a fazer com ninguém.. é dar demasiada confiança à relação! Mas que estou mesmo afeiçoada a ti, demasiado viciada nos teus beijos, demasiado descontrolada nas emoções. Tu levas-me ao limite do que é tolerável! Levas-me ao limite da fantasia e levas-me ao que diria submundo, onde lá não há problemas nem maus olhados... 

Enfim simplesmente ando num descontrolo de emoções e tudo por tua causa. 

Ps: Amo-te !! Hoje, amanhã e acho que sempre mesmo !

publicado por nayta às 11:44

link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2016

Ano passado

Ao fim de um ano... 

Um ano que passou desde que falámos a ultima vez. Tantas questões, tanto sofrimento,tantas lágrimas, tanta esperança que deu em nada. Mantenho a ideia de que vivi grandes dias nessa altura. Foi tão pouco tempo, mas tão intenso! Foste o primeiro desde o fim do meu "grande" relacionamento, não poderia esperar outra coisa... marcaste a minha vida sim e se eu pensava que já não me afetavas de modo algum, estava profundamente enganada. Coisas estranhas eu sinto por ti! Não te amo !! Longe disso, mas estar contigo fez-me relembrar os bons dias em que saíamos e atrofiavamos até à exaustão! Foi bom, muito bom. E por isso não quero, de todo, estar muito contigo! São coisas incontroláveis (as memórias), mas é bem controlável o que faço. Gostei de sentir aquela química parva entre nós, até porque quando se está com alguém que não nos faz sentir assim, é complicado não gostar, mas não irá passar disso. Gosto de ti e jamais ficarei com ressentimentos e serei sempre aquela amiga que te ouvirá sempre que precisares ;) 

Obrigada por tudo, até pelo que de mal fizeste. Com isso aprendi que as pessoas não são sempre aquilo que parecem ser. Aprendi que não posso confiar a 100% em ninguém... nem em mim posso confiar pelos vistos. Não sei controlar os meus pensamentos e sentimentos! A vida encarrega-se de tomar conta de mim basicamente... a vida decide tanta coisa! Mas quem será a vida?!

 

publicado por nayta às 23:36

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Início de uma grande aven...

. Minha loucura

. Certo/errado

. A carta que nunca será en...

. Vida (im)perfeita ?!

. Quando menos se espera (r...

. Amar faz tão bem-mal

. Saudades que trago de ti

. Descontrolo de emoções

. Ano passado

.arquivos

. Outubro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Abril 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Novembro 2014

. Agosto 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

.favoritos

. f*ckin perfect

. o que é uma alma sã presa...

. Vícios e desperdícios

. Desculpa! Hoje falei de t...

blogs SAPO

.subscrever feeds